HomeRecursos humanosSaúde mentalArtigosDoenças Psicossomáticas
Serviço Social - ArcelorMittal Tubarão

Doenças Psicossomáticas

Uma doença psicossomática não afeta apenas o corpo: ela tem origem na alma e no psicológico, podendo causar sintomas e doenças físicas. Elas estão relacionadas a emoções, sentimentos e/ou pensamentos que podem estar em desequilíbrio por diversos fatores, como traumas não superados ou estresse. Esse tipo de problema acaba se manifestando também no corpo, por meio de dores e doenças físicas.

Origem

A Inteligência Emocional considera que todas as doenças, tanto físicas quanto psicossomáticas, são originadas pelas emoções e pelo desequilíbrio psicológico. Doenças são manifestações do inconsciente, que precisa sinalizar questões internas mal resolvidas: alguma emoção em deficiência ou excesso, ausência de reação para determinada situação, resistência às mudanças ou padrões limitantes de comportamento são alguns fatores que levam ao desequilíbrio emocional.

Inteligência emocional

A cura para as doenças somáticas pode estar numa crença, num convívio social com novos amigos, numa mudança de hábito, e em qualquer meio, desde que isso lhe traga leveza e felicidade.

Todo sintoma tem seu significado e quando não elaborado, irá insistir até que o todo: mente corpo e alma, entre em sintonia novamente. Se não há reflexão do porque ela está se manifestando, os sintomas não desaparecem ou aparecem de outra forma, ou outra doença. A cura pode ser alcançada por meio da compreensão de seus sentimentos, limitações e quais emoções se manifestam em seu corpo em determinadas situações.

Informe-se, converse com profissionais de saúde que possam auxiliá-lo nessa interpretação.

Inteligência emocional

Aprenda a cuidar das suas emoções, livrar-se do mal, isto implica em abandonar as culpas e transformar o desejo de felicidade em atos de CORAGEM. Essa é a chave para uma vida equilibrada e saudável.

Doença: necessidade de alma

A palavra "psicossomática" é formada pela junção de duas palavras gregas: PSIQUE (que significa alma) e SOMA (corpo).

  • Afonia/garganta: agressividade contida. Não consegue falar o que gostaria;
  • Coração: centro energético, prisão das emoções, medo. Guarda, acumula, nega. Infarto (parar a dor);
  • Pulmão: medo de absorver a vida. Romantismo, sensibilidade;
  • Fígado: órgão do humor;
  • Vesícula: agressividade;
  • Joelho: orgulho, não enverga, "dobrar o joelho, ato de humildade";
  • Cabeça: auto-crítica, exigência na perfeição, dúvida, usa demais razão;
  • Rins: reter mágoas, medos, não filtra;
  • Bexiga: ansiedade, apego demais (retém), desapego (libera);
  • Sangue: selva vital;
  • Hemorragia: deixa escapar a vida;
  • Coágulo: torna-se um obstáculo;
  • Ombro/pescoço: estrutura da cabeça, manter-se firme;
  • Costas: responsabilidade, aguentar o mundo nas costas;
  • Esôfago: passagem, "engolir sapo";
  • Estômago: digerir o problema, absorção;
  • Pâncreas: orgulho, crítico em excesso;
  • Intestinos: ambição, não sabe dividir, guarda mágoa, rancor - prende; ou é dadivosa demais, faz muito e recebe pouco em troca - solta;
  • Reto e ânus: bloqueio da saída, falta de coragem. Senta no problema, prende o "lixo".
Voltar

Você sabia?

  • Conforto no banco do carro - ArcelorMittal Tubarão

    Conforto no banco do carro

    Sob as almofadas de um banco de carro confortável, está uma estrutura complexa de aço e há uma boa chance de que ela seja produzida pela ArcelorMittal.

    Nosso aço também é utilizado, por exemplo, na alça que ajusta o banco, na trava que o impede de deslizar e nos trilhos onde o assento está montado.